Saiba como obter desconto em medicamentos de uso contínuo

Saiba como obter desconto em medicamentos de uso contínuo

Economizar dinheiro se tornou uma prática essencial para evitar o endividamento em tempos de crise financeira no país. Vamos passar algumas dicas para que os consumidores possam ter mais opções, pagar mais barato, obter medicamentos gratuitos e ainda evitar a necessidade de tomar remédios de uso contínuo.

Após ler esse post verá que existem mais opções para comprar remédios do que você imaginava, alguns benefícios do governo que são utilizados principalmente para a população mais carente. Saberá também qual é o verdadeiro motivo pelo qual medicamentos genéricos são muito mais baratos alem de dicas para melhorar a qualidade de vida e evitar assim o consumo de medicamentos de forma exagerada.

Sendo assim veja agora 8 formas de obter desconto em medicamentos de uso contínuo:

 ÍNDICE:

1 Remédios manipulados

2 Farmácia Popular

3 Programas de fidelidade

4 Medicamentos Genéricos

5 Medicamentos gratuitos via Sus

6 Pesquisa de Preços

7 Alimentação Saudável

8 Atividades Físicas

 

1 Remédios manipulados

manipulação de remedios

Os remédios manipulados são muito mais baratos do que os remédios alopáticos, em sites de vendas online buscando medicamentos com o mesmo principio ativo a diferença chega até 70 %.

A diferença entre os remédios alopáticos e manipulados é que os alopáticos são produzidos por grandes laboratórios farmacêuticos, e apesar de ter o seu custo muito minimizado por conta da produção, tem também grandes estruturas, altos custos de investimento com pesquisa e desenvolvimento e a busca pela maior lucratividade possível.

Já os medicamentos manipulados são produzidos de forma personalizada e sob medida. Essa forma evita o desperdício de remédios e pode ainda gerar o benefício de retirada de componentes que não fazem bem para o seu organismo.

As Farmácias de Manipulação do Brasil são fiscalizada pela Anvisa e CRF (Conselho Regional de Farmácia) e precisam renovar a licença de funcionamento anualmente, dessa forma o controle de qualidade é muito rigoroso e isso tudo passa uma maior tranquilidade para o consumidor.

 

2 Farmácia Popular

Administrado pelo Ministério da Saúde o Programa Farmácia Popular fornece para os municípios através do programa Aqui tem Farmácia popular desde remédios gratuitos como medicamentos para diabetes e hipertensão à remédios com 90% de desconto.

Existe uma lista de medicamentos com todos os remédios que contam com o benefício da Farmácia Popular, são remédios para hipertensão e diabetes, asma, mal de Parkinson, osteoporose e glaucoma, além de fraldas geriátricas.

Para participar basta se dirigir à uma farmácia conveniada munido de cpf, documento oficial com foto e a receita médica.

Observação: A receita fica retida na farmácia e o consumidor necessita assinar no verso da receita sobre a sua responsabilidade do uso do medicamento.

 

3 Programas de fidelidade

programa de fidelidade farmacia

Assim como funciona nos programas de milhas das companhias aéreas, é cada dia mais comum à fidelização de clientes da farmácia.

O desconto nos medicamentos ocorre conforme o consumo, dessa forma quem compra maior volume consegue um percentual maior de desconto.

Outro fato que envolve as farmácias é o acréscimo de diversos outros produtos além dos medicamentos.

Essa questão impulsiona os programas de fidelidade, então as farmácias além dos medicamentos comuns alopáticos, comercializam medicamentos manipulados, fitoterápicos, produtos naturais, produtos para perda de peso, perfumaria e cosméticos.

4 Medicamentos Genéricos

A variação de preços entre os medicamentos de marca e os remédios genéricos chega até 700% conforme levantamento do Instituto de Ciência Tecnológicas e Qualidade Industrial (ICTQ) feito em 433 estabelecimentos realizado em 18 capitas do país.

As grandes indústrias farmacêuticas gastam todos os anos milhões para desenvolvimento e pesquisa e com isso ganham o benefício de poderem comercializar de forma exclusiva por 10 anos.

Após esse período todos os laboratórios autorizados podem realizar a produção e a comercialização dos mesmos, usando assim a mesma fórmula e principio ativo.

 

5 Medicamentos Gratuitos via Sus

O Sus (Sistema Único de Saúde) apesar de toda sua deficiência, tanto estrutural, de profissionais de saúde e fornecimento de medicamentos ainda fornece de forma gratuita medicamentos essenciais para a população brasileira.

Segue abaixo um pdf com uma relação dos medicamentos fornecidos pelo Sus:

Lista de medicamentos Sus 2017

6 Pesquisa de Preços

remedios baratos

A forma mais simples de evitar o aumento excessivo dos preços dos medicamentos é a pesquisa de preços. Apesar de muitas vezes negligenciada pela população brasileira existe uma diferença muito significativa dependendo da região e da farmácia onde o consumidor pesquisa.

A partir da crise econômica no país, houve uma mudança de hábitos da população que visa conseguir o melhor preço. Conforme a Total Retail 2017 da Pwc, 63 % dos consumidores revelaram ter feito uma pesquisa de preços em lojas de varejo para economizar.

 

7 Alimentação Saudável

Apesar da constante conscientização das empresas de Planos de Saúde, do Governo, dos profissionais de saúde o consumo de alimentos saudáveis é exceção para a maior para da população brasileira.

É um fato comprovado que a alimentação evita doenças e evita inclusive o consumo de medicamentos.

Conforme o Doutor Dráuzio Varella a partir de uma alimentação balanceada e saudável você pode evitar problemas de saúde como:

  1. Obesidade
  2. Colesterol elevado
  3. Gastrite
  4. Diabetes
  5. Hipertensão
  6. Anemia
  7. Doenças Cardiovasculares
  8. Câncer
  9. Gripe
  10. Osteoporose

Então a alimentação saudável dessa forma além de gerar economia para o consumidor, na compra de medicamentos, auxilia em um estilo de vida mais saudável.

 

8 Atividades Físicas

As pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável procuram aliar a alimentação de qualidade com uma frequência de atividades físicas.

Veja abaixo uma lista de doenças que podem ser evitadas através da realização de atividades físicas com frequência semanal (Especialistas indicam que existe a necessidade mínima de frequência de 3 vezes por semana).

  1. Acidentes cerebrovasculares
  2. Diabetes tipo 2
  3. Câncer
  4. Doenças mentais
  5. Osteoporose

 

Conclusão:

A melhor forma de economizar medicamentos é fazer a prevenção. A alimentação saudável e a prática de atividades físicas podem evitar muitas doenças graves e gerar grande economia e evitar o sofrimento que traz cada situação trazida pelas doenças.